2 Comentários

Meias Verdades

Chafurda em meio a vagos segredos
a prepotência da vaidade.
Sussurra, em doces dizeres, meias verdades.
E, na luz da realidade,
arde o que um dia foi sonho.
Na dança do tempo, movem-se as cadeiras,
aquilo que agora é etéreo, transcendente,
amanhã, sob a luz do cotidiano,
empalidecerá rascunhando um novo almejar.

Camila Capps

Anúncios

2 comentários em “Meias Verdades

  1. Excelente!! Você deveria escrever mais… Bjs

  2. Muito bom.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: